Andarilho

Quando andar sem parar não for opção,
mas o único impulso e a única vontade…

Parábola do Andarilho

Antes que a morte venha
Antes que o sol termine
Antes que a ponte caia
Antes que a lua afine

Vou andar mais um bocado
Pra curar minha loucura
Procurar não é pecado
A estrada ainda me cura

Lá na frente tem um trilho
Quase todo enferrujado
Pra continuar andarilho
Preciso arrumar um cajado

Antes que a chuva venha
Antes que a cama esfrie
Antes que a noite caia
Antes que o amor termine

Vou-me embora
Vou tranquilo
Vou sem culpa
Andarilho.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Poesia e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Andarilho

  1. Laércio Coelho disse:

    A imagem utilizada nesse post é do blog “Doce como a Chuva” e ilustra a linda poesia “Parábola do Andarilho”.
    Vejam neste link: http://docecomoachuva.blogspot.com.br/2010/02/parabola-do-andarilho-cesar-de-araujo.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s